O cacilheiro “Trafaria Praia”, transformado em obra de arte pela artista Joana Vasconcelos, e desde abril deste ano a fazer cruzeiros no Tejo, em Lisboa, vai parar até março de 2015, revelou esta quarta-feira à agência Lusa a DouroAzul.

De acordo com fonte oficial da empresa, o cacilheiro fez o último cruzeiro no domingo, e vai ficar parado durante as obras de remodelação que vão ser realizadas onde esteve atracado, na zona do Cais do Sodré.

“O cacilheiro já está no estaleiro, prevendo-se que volte a fazer os passeios turísticos no Tejo logo que o cais esteja pronto, previsivelmente em março de 2015”, indicou a mesma fonte.

No estaleiro do Seixal, o “Trafaria Praia” vai também ser alvo de “reparações menores” relacionadas com a manutenção da embarcação, acrescentou a mesma fonte.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Transformado em obra de arte pela artista Joana Vasconcelos para representar Portugal na Bienal de Arte de Veneza de 2013, a embarcação tem realizado duas a três viagens diárias entre o Cais do Sodré e a Torre de Belém.

A DouroAzul, que foi um dos principais mecenas do projeto, tinha direito de preferência na aquisição da embarcação e decidiu manter o “Trafaria Praia” ativo, a realizar pequenos cruzeiros para turistas.

Contactada pela Lusa, fonte do gabinete de comunicação da artista comentou: “Esperamos que o Trafaria Praia regresse ao Tejo o mais rápido possível para continuar a fazer os cruzeiros e a receber visitantes”.