As dezassete pessoas que foram internadas este sábado no Hospital de Beja por suspeitas de intoxicação já tiveram alta. As vítimas estavam a trabalhar num call center da Portugal Telecom (PT), mas tiveram de ser transportadas até ao Hospital de Beja porque durante a tarde apresentaram sinais de mal-estar, náuseas e vómitos, disse ao Observador fonte oficial do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja.

O alerta foi dado à 15h54 e existe a suspeita de que as intoxicações tenham resultado da utilização de algum produto de limpeza ou de desinfeção.

Ao local acorreram quatro viaturas dos bombeiros voluntários de Beja e, ainda, a PSP e técnicos da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT).

O Observador tentou contactar o Hospital de Beja, mas até ao momento ainda não foi possível obter qualquer esclarecimento.

Uma fonte oficial da PT confirmou ao Observador que os 17 trabalhadores encontram-se bem de saúde e já terão recebido alta, mas ainda vão ser apuradas as verdadeiras causas de intoxicação.

(Última atualização às 20h35)