A polícia de St. Louis prendeu este domingo um suspeito de ter baleado dois agentes da autoridade de Ferguson na quinta-feira de manhã, disse um porta-voz da polícia, citado pelo jornal norte-americano New York Times. Para mais logo ficou agendada uma conferência de imprensa para que as forças de segurança deem mais detalhes sobre a detenção.

Dois polícias foram baleados na madrugada de quinta-feira em Ferguson, cidade norte-americana onde, a 9 de agosto, um agente matou a tiro Michael Brown, jovem negro de 18 anos, e desencadeou uma série de protestos na localidade do estado do Missouri. Os disparos contra os dois agentes aconteceram enquanto cerca de 75 pessoas celebravam, diante da esquadra, a demissão de Thomas Jackson, chefe da polícia de Ferguson.

Os polícias baleados, que não foram identificados, foram levados para o hospital e já estão em casa a recuperar.