A mulher de Michael Schumacher começou a vender alguns bens da família, avança o jornal inglês Mirror. Especula-se que seja para pagar os gastos médicos do piloto de Fórmula 1, que esteve em coma após um acidente de esqui em 2013.

O aparatoso acidente nos Alpes, que imobilizou o sete vezes campeão de Fórmula 1, Michael Schumacher, deixou sequelas no piloto que já não consegue mover-se com normalidade. De momento, é acompanhado por 15 médicos na sua mansão suíça. 

O Mirror assegura que Corinna, a mulher do piloto que está a cargo das finanças da família, começou a vender todos os bens que Schumacher já não poderá voltar a desfrutar no futuro. Já vendeu o jato da família, avaliado em 34 milhões de euros, e uma propriedade na Noruega.

Schumacher, de 46 anos, tem um património avaliado em 780 milhões de dólares (cerca de 690 milhões de euros). Desde o acidente, a família não tem divulgado muitas informações sobre a recuperação do lendário piloto alemão.