Lady Gaga é a cliente de sonho de qualquer designer e a noiva da década, escreve a Women’s Wear Daily. O elogio é grande, não fosse esta uma publicação que, tal como a Vogue, leva o epíteto de “bíblia da moda”.  E foi precisamente a fazer jus à alcunha que a revista desafiou um conjunto de estilistas a desenhar um possível vestido de casamento para a cantora que, desde o último dia de São Valentim, está noiva de Taylor Kinney.

O apelo feito à indústria da moda foi ouvido pelas grandes casas, uma vez que há propostas de Karl Lagerfeld para a Chanel, com um vestido ao estilo de Marie Antoinette, e de Donna Karan, numa peça elegante e majestosa q.b. Mas destacam-se também os contributos de Francisco Costa para a Calvin KleinAlexander Wang para a BalenciagaAlber Elbaz para a Lanvin e Sonia Rykiel. Nem a multinacional sueca H&M ficou indiferente, ao desenhar um vestido preto, volumoso e com temática nos cisnes, animais cuja relação pode durar uma vida inteira. A lista completa de vestidos apresentados pela WWD pode ser consultada aqui.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A oferta foi tanta e tão vasta que a própria Lady Gaga ficou emocionada e fez um agradecimento público, a 20 de maio, na rede social Twitter: “Obrigada a todos os designers especiais e generosos que desenharam mais de 30 vestidos de casamento para o dia mais importante da minha vida. Estou sem palavras.” Mas independentemente de cortes, tecidos e cores, a escolha final está, segundo o que a artista deu a entender, nas mãos do noivo.

Gaga contou à WWD que ainda não pensou em nada específico, mas “o quer que seja, será totalmente para ele” — por ele entenda-se um ator de 33 anos, estrela da série Chicago FireO casal conheceu-se durante as gravações do videoclip “Yoü & I”, em 2011, uma música sobre amor não correspondido e que acabou por proporcionar o início de uma relação aparentemente eterna.

Apesar de ainda não ter sido avançada a data oficial de casamento, a especulação em torno do vestido com que Gaga vai subir ao altar é grande (até a Marie Claire se pôs a adivinhar o look para a ocasião), ela que é conhecida por ter um estilo controverso que não tira folga nem nos momentos que pedem maior formalidade. É o caso da edição de 2015 dos Óscares, cerimónia à qual a cantora de Born This Way levou um vestido branco do designer tunisino Azzedine Alaïa e o que pareciam ser luvas vermelhas de lavar a loiça — a piada pegou e o Twitter testou, mais uma vez, a sua criatividade ao estimular a proliferação de memes irónicos.

Mas é precisamente a inexistência de receio em arriscar e o gosto pela ostentação que fazem de Lady Gaga um ícone de estilo, ainda que pouco consensual devido aos looks teatrais e exagerados que já trouxe a público e que, agora, podem ser vistos na fotogaleria em cima.