A artista portuguesa Ângela Ferreira é a vencedora da 11.ª edição do Prémio Novo Banco Photo, no valor de 40 mil euros, foi hoje anunciado pela organização, no Museu Coleção Berardo, em Lisboa.

Os finalistas desta edição do prémio eram Ângela Ferreira (Portugal), Ayrson Heráclito (Brasil) e Edson Chagas (Angola), cujas obras inéditas estão expostas desde junho no Museu Berardo, no âmbito do galardão.

Resultado de uma parceria entre o Novo Banco (ex-BES) e o Museu Coleção Berardo, o prémio realiza este ano a sua quinta edição com estatuto internacional, abrangendo não apenas artistas de nacionalidade portuguesa, mas também brasileira e dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa.

Os trabalhos foram avaliados por um júri constituído por Dana Whabira (Londres, Harare), artista e curadora, Manthia Diawara (Bamako, Nova Iorque), historiador de arte e professor da New York City University), e Salah Hassan (Cartum, Nova Iorque), historiador de arte e professor na Cornell Universtity, em Os trabalhos vão ser avaliados por um júri constituído por Dana Whabira (Londres, Harare), artista e curadora, Manthia Diawara (Bamako, Nova Iorque), historiador de arte e professor da New York City University), e Salah Hassan (Cartum, Nova Iorque), historiador de arte e professor na Cornell Universtity, em Ítaca, Nova Iorque.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O Prémio Novo Banco Photo foi lançado em 2004 com o objetivo de premiar artistas portugueses, ou residentes em Portugal, que durante no ano transato tivessem apresentado projetos fotográficos.

Helena Almeida foi a vencedora da primeira edição, em 2004, José Luís Neto venceu em 2005, Daniel Blaufuks em 2006, Miguel Soares em 2007, Edgar Martins em 2008, Filipa César em 2009, Manuela Marques em 2011, Mauro Pinto em 2012, Pedro Motta em 2013, e Letícia Ramos em 2014.