João Rodrigues Cabrilho foi um navegador que se tornou, em 1542, ao serviço de Espanha, no primeiro europeu a pisar solo californiano. Mas a dúvida residia no fato do descobridor se chamar João ou Juan. Ou seja, se o navegador era português ou espanhol. Pois as dúvidas podem ter ficado agora dissipadas.

Segundo contou o El Pais, a historiadora canadiana Wendy Kramer pode ter descoberto a verdadeira nacionalidade do navegador.

O que permitiu tal descoberta foi o sistema de encomendas da Guatemala. Isto porque Kramer estuda há 30 anos as conquistas espanholas “nas Américas”, tendo-se especializado neste sistema de comércio, analisando documentos governamentais com o registo de nomes, contratos, datas e atas de reuniões. Ao analisar essa documentação chegou a Gabriel de Cabrera. “Era o procurador da Guatemala nos anos 30 do século XVI”.

A historiadora sabia que de Cabrera era o responsável pelo primeiro carregamento de ouro da Guatemala com destino a Espanha. E decidiu pesquisar mais.

Esta primeira viagem do ouro para Espanha ocorreu em 1532 e Kramer encontrou três processos judiciais contra o procurador. É que os baús destinados ao rei espanhol tinham sido forçados faltando uma parte significativa do seu conteúdo. Assim, as autoridades da Coroa subiram a bordo e interrogaram a tripulação. E entre eles estava João Rodrigues Cabrilho. Ou, como aparece nas minutas do processo, Juan Rodríguez Cabrillo. A historiadora refere que este “é o primeiro testemunho de que se o navegador que tornou o primeiro europeu a pisar solo californiano se chamava afinal Juan Rodríguez Cabrillo e que era natural de Palma de Micergilio”, que hoje é Palma del Río, em Córdoba.

Ao deparar-se com estes documentos, Wendy Kramer aprofundou a investigação. E descobriu que a embarcação efetuou mais duas paragens. Uma em Tenerife e outra em Cádiz. E nas duas ocasiões toda a gente foi interrogada. E, em todos os interrogatórios, os documentos referem-se ao navegador como Juan Cabrillo e repetem o local de nascimento.

Assim, e ao que tudo indica, fica desfeita a dúvida sobre a nacionalidade do primeiro europeu a pisar a costa oeste dos Estados Unidos da América. João era Juan. E era espanhol.