O ator José Boavida sofreu danos cerebrais irreversíveis. O ator encontra-se internado e em coma induzido desde quinta-feira, altura em que deu entrada nos cuidados intensivos do hospital Amadora-Sintra. Em declarações ao Correio da Manhã, a sua filha, Mariana Boavida, culpa o INEM pela demora e acusa o Instituto de negligência:

“Os médicos dizem que o meu pai esteve demasiado tempo em paragem respiratória. O INEM demorou muito tempo a chegar ao local. Foram feitas duas chamadas, a primeira às 23h50, mas o meu pai só chegou ao hospital uma hora depois (…) Se não estivesse tanto tempo inconsciente, os danos e as lesões podiam ser menores. Estou em choque. É tudo uma questão de tempo.”

O ator, de 51 anos, sentiu-se mal na passada quinta-feira, quando ia caminho de casa, vindo de um jantar com amigos. José Boavida caiu inanimado e foi encontrado desmaiado junto ao seu carro. As pessoas que o encontraram naquele estado chamaram uma ambulância, mas, segundo a filha, esta “demorou muito tempo a chegar ao local”, o que terá tornado a situação irreversível.

Neste momento, o prognóstico quanto ao estado do ator é “muito reservado”, diz o Correio da Manhã.

O ator participou recentemente na novela da RTP, “Bem-vindos a Beirais”, e em novelas da SIC e TVI. Segundo relata o Correio da Manhã, José Boavida preparava-se para dar formação teatral.