Eleições Espanha 2015

PSOE acusa Podemos de chantagem. Afinal em que ficamos?

571

O PSOE emitiu um comunicado no qual reitera a ideia de que deve ser o PP a tentar formar governo. Numa alusão ao Podemos, fala de chantagem para um acordo governativo à esquerda.

JUAN CARLOS CARDENAS/EPA

Não vai fácil a vida por Espanha. Depois de um resultado eleitoral que serve para todos e nenhum acordo, depois de Rajoy ter recusado a investidura, depois de Pablo Iglesias já falar em ser vice-primeiro ministro, depois de terem sido anunciadas conversas entre PSOE, Ciudadanos e Podemos, eis que os socialistas emitem um comunicado que volta a baralhar tudo.

PP deve formar governo

Primeira ideia do comunicado socialista revelado pela imprensa espanhola. Rajoy não quer, diz que não faz sentido apresentar-se no parlamento como candidato a presidente do executivo, para depois ser rejeitado por uma maioria parlamentar que está contra ele. Mas o PSOE insiste:

O Rei convocou uma nova ronda de consultas da qual deverá sair, de novo, uma pessoa com a tarefa de formar governo, uma pessoa proposta pelo partido com mais assentos na Câmara [ou seja, o PP, que elegeu o maior número de deputados no parlamento espanhol]

PSOE não vai fazer negociações

Ora aqui está a segunda ideia do comunicado que vem baralhar muito do que tem sido afirmado nos últimos dias. Sim, é certo que vão continuar a falar com “todas as forças políticas a fim de avaliar a situação e acertar posições”. E não, a conta de Twitter de Pedro Sánchez não foi atacada por um hacker quando esta manhã escreveu que falou com Albert Rivera, do Ciudadanos, para se encontrarem. E Rivera respondeu.

Mas há um ‘mas’:

O PSOE não vai encetar negociações com outras forças políticas para tentar forjar uma alternativa de governo estável”, lê-se no comunicado.

Chantagem do Podemos?

E se a aproximação ao Ciudadanos, com troca de tweets este sábado, está a decorrer de forma pacífica, o mesmo não se pode dizer da relação dos socialistas com o Podemos de Pablo Iglesias. São capazes de não ter caído muito bem as declarações do líder do Podemos que já fala em ser vice-primeiro ministro de um governo liderado por Sánchez e, talvez por isso, sem nunca referir diretamente o Podemos, o PSOE afirma:

Muito menos [iremos encetar negociações com vista a formar governo] quando se apresentam como uma chantagem e colocando os interesses do partido à frente dos interesses dos cidadãos.”

Recorde-se o que Iglesias publicou no Twitter sobre uma proposta apresentada ao PSOE:

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: [email protected]

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)