Quando, no ano passado, deu a conhecer o protótipo Vision S, equipado com uma motorização híbrida plug-in, a Skoda deixou clara a sua intenção de seguir rapidamente o caminho da electrificação. Que se começará a materializar dentro de cerca de dois anos, com a chegada ao mercado da versão híbrida plug-in do seu topo de gama Superb, a que se seguirá variante idêntica do Kodiaq, o novo SUV da marca checa.

Mas o construtor de Mladá Boleslav não pretende ficar-se por aqui neste capítulo, e foi mesmo o seu responsável máximo pela área de Pesquisa e Desenvolvimento, Christian Strube, quem confirmou que está em fase final de preparação o protótipo do seu primeiro automóvel totalmente eléctrico, a revelar já em Abril, no Salão de Xangai.

Muito pouco foi adiantado relativamente ao modelo, mas tudo aponta para que na sua génese esteja a plataforma MEB, do Grupo Volkswagen, especialmente criada para veículos de propulsão exclusivamente eléctrica. Também é certo que a Skoda não será a primeira marca do grupo germânico a comercializar uma proposta deste género, uma vez que a versão definitiva do referido protótipo só deverá estar à venda lá para 2020 ou 2021. Ainda assim, suficientemente a tempo de “bater a generalidade” dos seus rivais neste particular, mais uma vez nas palavras de Christian Strube.