A Euronext vai lançar um novo compartimento designado Euronext Access+, que pretende ser um “trampolim” para a admissão de starups e pequenas e médias empresas (PME) gazela ao mercado, anunciou esta quarta-feira a gestora de bolsas pan-europeia.

Desenhado para startups e PME, o Euronext Access+ vai auxiliar as empresas numa suave transição e na adaptação a outros mercados Euronext, nomeadamente no que respeita à comunicação com os investidores e à transparência”, realçou em comunicado a entidade.

Além disto, a Euronext sublinhou que o novo compartimento (que integra o Euronext Access), “será um trampolim para outros mercados Euronext” e que “as empresas admitidas ao Access+ beneficiam de apoio adicional e as suas ações terão maior visibilidade”.

De resto, a gestora das praças de Amesterdão, Bruxelas, Londres, Lisboa e Paris vai promover uma mudança nos nomes dos seus mercados para “facilitar a identificação e definição da oferta” da Euronext.

O Easynext passa a designar-se Euronext Access, o Alternext passa a Euronext Growth e o Euronext permanece como o mercado regulamentado do grupo, que vai ainda apostar num reforço do papel dos ‘listing sponsors’ e num novo modelo de mercado dedicado às médias capitalizações com o objetivo de melhorar a liquidez destas empresas, em vigor a partir de 19 de junho.