G20

G20. Trump quer acordo comercial com Reino Unido “muito rapidamente”

Num encontro à margem da cimeira do G20, em Hamburgo, Donald Trump e Theresa May confirmaram que um acordo comercial entre os dois países é um prioridade para depois do Brexit.

Getty Images

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse este sábado, após um encontro bilateral com a primeira-ministra britânica, Theresa May, que espera implementar um acordo comercial com o Reino Unido “muito rapidamente”, após a saída dos britânicos da União Europeia.

Fonte do governo britânico citada pela BBC confirmou que durante o encontro de 50 minutos, esta manhã à margem da cimeira do G20, em Hamburgo, os dois líderes concordaram em dar prioridade a um acordo comercial pós-Brexit entre Reino Unido e EUA.

Segundo a mesma fonte, Donald Trump insistiu, durante o encontro com Theresa May passado sobretudo a discutir questões comerciais, que o Reino Unido tem condições para “prosperar” assim que deixar a União Europeia.

Trump já tinha dado sinais de que a sua prioridade nas relações com o Reino Unido é estabelecer rapidamente um acordo comercial com aquele país assim que abandonar a UE.

“Não há nenhum país que possa estar tão próximo de outro como os nossos dois países. Temos estado a trabalhar num acordo comercial que será um grande, grande acordo, muito forte, ótimo para os dois países, e penso que o iremos fazer muito, muito rapidamente”, afirmou Donald Trump à imprensa antes de entrar para o encontro.

O presidente norte-americano confirmou também que irá visitar Londres nos próximos tempos. Ao The Guardian, fonte do governo britânico confirma que “o convite será apresentado no devido tempo”, não havendo para já planos para um encontro a curto-prazo. “Vamos tratar disso”, limitou-se a afirmar Trump.

Ao mesmo tempo, Trump sublinhou a “relação muito especial” que desenvolveu com Theresa May depois do encontro em Hamburgo. “A primeira-ministra May e eu desenvolvemos uma relação muito especial e penso que o comércio será um grande fator entre os nossos dois países”, afirmou o presidente dos EUA à saída do encontro.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: jfgomes@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)