O bailado “O Lago dos Cisnes”, na versão coreográfica de Fernando Duarte, acompanhado por um filme de Edgar Pêra, regressa esta sexta-feira ao Teatro Camões, em Lisboa, interpretado pela Companhia Nacional de Bailado (CNB). De acordo com a programação, esta nova versão do clássico, que esteve anteriormente naquele palco, em maio de 2014, vai ser apresentada no Teatro Camões, até 22 de dezembro.

Com música de Piotr Ilitch Tchaikovsky e figurinos de José António Tenente, o espetáculo vai ter interpretação musical da Orquestra Sinfónica Portuguesa, que acompanha, pela primeira vez, esta versão de “O Lago dos Cisnes” para a CNB, com direção do maestro Pedro Neves.

O espetáculo é baseado na coreografia de Marius Petipa e Lev Ivanov, mas tem reconstrução coreográfica e coreografia adicional de Fernando Duarte, bailarino principal e ensaiador da CNB.

Considerado um clássico da história da dança, o primeiro “O Lago dos Cisnes”, drama em quatro atos com coreografia de Julius Reisinger, estreou-se em 1877, no Teatro Bolshoi, em Moscovo, mas foi um fracasso pelas más interpretações da orquestra e dos bailarinos.

A segunda versão, com coreografia criada por Marius Petipa e Lev Ivanov, conjugando poética com técnica, estreou-se em 1895, em São Petersburgo, tornando-se a versão de referência em todo o mundo.

No âmbito da digressão nacional, a CNB irá apresentar “O Lago dos Cisnes” no Teatro Municipal Joaquim Benite, em Almada, no final deste mês, nos dias 29 e 30, às 21:00.