Nove crimes de tortura e dez crimes de abuso de menores. São 19 crimes, no total, de que David Allen Turpin e a mulher, Louise, foram acusados, avança esta terça-feira a Sky News que cita as autoridades do condado de Riverside, no estado norte-americano da Califórnia.

[Veja a história no vídeo]

[jwplatform A4cGuHvK]

O casal encontra-se em prisão preventiva — sujeitos a uma fiança de nove milhões de dólares — desde segunda-feira por suspeitas de tortura e abuso de menores, depois da polícia ter descoberto que mantinham os filhos acorrentados às camas e mal-nutridos. A criança mais nova tinha dois anos. O filho mais velho tinha 29.

O caso foi descoberto depois de uma das vítimas — uma rapariga de 17 anos — ter conseguido fugir de casa e ter ligado para o 911 (o equivalente norte-americano do 112). De acordo com uma declaração divulgada pela polícia de Perris, a jovem terá utilizado um telemóvel que encontrou em casa.

Dentro da casa foram descobertas “várias crianças acorrentadas às suas cama” que eram mantidas “na escuridão” e rodeadas “de cheiros nauseabundos”, podia ler-se do comunicado emitido pelas forças policiais.