Obrigado por ser nosso assinante. Beneficie de uma navegação sem publicidade intrusiva.

A atriz porno norte-americana Stephanie Clifford — cujo nome artístico é Stormy Daniels — denunciou este domingo que foi ameaçada em nome de Donald Trump, durante uma entrevista ao programa “60 minutes”, da CBS. “Estava num parque de estacionamento, a caminho de uma aula de fitness com a minha filha pequena. Um homem aproximou-se e disse-me: ‘Deixa o Trump em paz. Esquece a história’. Depois inclinou-se, olhou para a minha filha e afirmou: ‘É uma menina linda, seria uma pena se alguma coisa lhe acontecesse à mãe“, contou ao jornalista Anderson Cooper.

A protagonista de filmes para adultos tinha feito um acordo no valor de 130 mil dólares com um advogado de Donald Trump para se manter em silêncio sobre as alegadas relações sexuais que manteve com o magnata norte-americano, antes de este ser Presidente dos Estados Unidos. De cada vez que falar sobre o tema, como aconteceu nesta entrevista, arrisca-se a ter de pagar um milhão de dólares a Donald Trump.

Segundo disse na entrevista à CBS, a ameaça foi concretizada em 2011, em Las Vegas, depois de ter chegado combinado vender a história da relação com Trump à revista InTouch, por 15 mil dólares.

Foi então que Michael Cohen — o advogado de Trump — contactou o seu próprio advogado com uma proposta para lhe comprar o silêncio, . “Estava preocupada com a minha família e a sua segurança”, justificou a atriz na entrevista.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Embora não tenha provas para apresentar, Stephanie Clifford garantiu que reconheceria o homem imediatamente se o visse. “Saberia de imediato. 100%”, afirmou.

Na quinta-feira, Michael Avenatti, advogado de Stormy Daniels, publicou uma fotografia no Twitter com um CD ou DVD e uma frase que parece ser uma ameaça ou aviso a Donald Trump: “Se uma imagem vale mil palavras, quantas palavras vale esta?”

Durante a entrevista, a atriz recusou dizer se tinha provas da sua relação com Trump, incluindo SMS, fotos ou vídeos. Mas disse que a única vez que teve relações sexuais com o atual Presidente foi na suite do hotel dele, durante um torneio de golfe de celebridades em 2006 e contou ter gozado com ele quando o magnata lhe  mostrou a capa de uma revista com a sua cara. “Alguém devia agarrar nessa revista e bater-te com ela”, terá dito a atriz ao então empresário. A seguir, contou, ele virou-se, baixou as calças e ela bateu–lhe com a revista.

Donald Trump, segundo o relato na entrevista, ter-lhe-á dito que ela era parecida com a sua filha Ivanka, “inteligente e bonita”. E perguntou-lhe se estava interessada em concorrer ao “Celebrity Apprentice”, o concurso protagonizado por Trump. Daniels entendeu esse convite como parte do acordo entre ambos.