A fadista portuguesa Ana Moura atua a 5 de outubro, pela primeira vez, na Sydney Opera House, na Austrália, uma das salas de espetáculos mais importantes do mundo, foi esta sexta-feira anunciado.

Depois de Sydney, Ana Moura atua numa outra cidade australiana, Melbourne, no dia 7 de outubro, no âmbito do Melbourne International Arts Festival. Embora seja a primeira vez que atua na Sydney Opera House, está é a terceira vez que a fadista dá concertos na Austrália.

Ana Moura está em digressão mundial desde final de 2015, altura em que editou “Moura”. A fadista editou o primeiro álbum em 2003, “Guarda-me a vida na mão”, ao qual se seguiram outros como “Aconteceu” (2004), “Para além da saudade” (2007), “Leva-me aos fados” (2009) e “Desfado” (2012), “o disco português mais vendido da década e que se mantém na tabela dos discos mais vendidos em Portugal desde o seu lançamento”.

Recentemente, Ana Moura foi convidada pelos U2 para dar voz ao movimento #womenoftheworldtakeover. Depois de colaborações com Prince, Rolling Stones, Andrea Bocelli e Benjamin Clementine, a fadista portuguesa juntou-se ao coro que, em todos os espetáculos da atual digressão dos U2 (#U2eiTour), canta, num vídeo exibido no local, “Women of the World”, de Ivor Cutler.

Antes de viajar para a Austrália, Ana Moura atua esta sexta-feira em Elvas.

Depois dos espetáculos em Sydney e em Melbourne, a fadista tem várias atuações marcadas em Portugal — a 19 de outubro, em Matosinhos, a 26 de outubro, em São Miguel, Açores, a 3 de novembro, em Sintra, a 17 de novembro, em Santa Maria da Feira, e a 24 de novembro, em Viana do Castelo.

Para 2019, a fadista tem já confirmado um concerto na Polónia, a 28 de abril em Gdansk.