Eram conhecidas as (fortes) reservas de Sergio Marchionne em relação à viabilidade de um futuro da indústria automóvel assente em modelos eléctricos ou electrificados. Mas, ainda antes de ‘partir’, coube ao antigo CEO da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) apresentar à comunidade financeira o plano de actividades do grupo italo-americano para o quadriénio 2018-2022. E, aí, Marchionne acabou por ‘dar a mão à palmatória’, que é como quem diz render-se às evidências, pois o cada vez mais apertado controlo das emissões de CO2 não deixa aos construtores automóveis outra alternativa se não a de investirem fortemente em sistemas de propulsão menos poluentes. Ou seja, 100% eléctricos ou com alguma ‘ajuda’ eléctrica.

Daí que a FCA tenha assumido, na apresentação da estratégia a seguir, que a electrificação passaria a ser a sua prioridade, com o grupo a comprometer-se a ter 12 sistemas de propulsão eléctrica (BEV, PHEV, full-hybrid e mild-hybrid) em plataformas globais, até 2022. “Serão 30 os modelos equipados com um ou mais sistemas destes”, destaca uma nota institucional.

Ora, essa meta não é alcançável sem grandes investimentos. Daí que, depois do lançamento do Pacifica PHEV e da tecnologia mild-hybrid e-Torque no Ram 1500, no início de 2018, a FCA faça agora saber que investiu “mais de 200 milhões de euros” no desenvolvimento de um novo motor para que o Renegade possa usufruir de uma variante híbrida plug-in, cuja comercialização arrancará em 2020.

As mais de 742.000 unidades do modelo Renegade produzidas até agora em Itália fazem da fábrica de Melfi e do Renegade os produtos ideais para lançar o PHEV, reforçando ainda mais a oferta deste Jeep de enorme sucesso”, afirmou Pietro Gorlier, Chief Operating Officer para a região Europa, Médio Oriente e África.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

As unidades de pré-série do novo Jeep Renegade PHEV vão começar a ser produzidas na fábrica de Melfi já no próximo ano, lado a lado com o Renegade e o Fiat 500X equipados com motor de combustão interna.

20 fotos

Com mais de 73.200 novas matrículas em 2017, o Renegade foi o SUV Jeep recordista de vendas na Europa e em diversos grandes mercados do continente, incluindo Itália, França, Espanha, Alemanha e Reino Unido. Está disponível em Portugal com preços que se iniciam nos 21.500€.