Rádio Observador

Redes Sociais

Bolos, viagens e futebol são os destaques no Instagram dos portugueses mais influentes

Um estudo feito pela Primetag às contas de Instagram dos portugueses mais influentes mostra que futebol, viagens e a gastronomia estão entre os assuntos com mais destaque.

Rodrigo Antunes/LUSA

Um estudo feito pela Primetag às contas de Instagram mais influentes em Portugal confirmou que Cristiano Ronaldo é “rei e senhor” entre os mais influentes e que o futebol é o setor de atividade com maior destaque. Ronaldo é responsável por mais de metade de todas as interações contabilizadas em Portugal, num top3 em que apenas Sara Sampaio se intromete entre os futebolistas.

O estudo contempla uma análise geral e sectorial às contas e aos conteúdos dos portugueses mais influentes no Instagram durante 2018. Foram analisados 1.682 perfis de influenciadores portugueses e mais de 354 mil publicações, tendo sido detetadas 2.710 milhões de interações. O “planeta CR7” monopoliza o Instagram em Portugal e no Mundo, pelo que não é de estranhar que domine os tops de desporto. Não só o próprio Cristiano Ronaldo, mas também a Juventus e a Seleção de Portugal beneficiam da popularidade do jogador.

No desporto, Cristiano Ronaldo, Pepe e Ricardo Quaresma dominam o top de contas mais populares. No que toca às marcas de desporto e fitness, a Prozis lidera a também, seguida pela seleção nacional e pela Adidas.

Na moda é a modelo Sara Sampaio que se destaca no número de seguidores, seguida por Vanessa Martins — que mantém uma relação com outro influencer em destaque –, e Liliana Filipa, completam o pódio. Nas marcas do setor, é a Zara a mais mencionada pelos mais influentes. O estudo destaca ainda a ausência de homens nos tops de moda e beleza, o que não acontece, por exemplo, em Espanha.

Na arte e no entretenimento, a atriz Rita Pereira lidera no setor da televisão, música e cinema, enquanto SirKazzio, Youtuber, lidera no setor do entretenimento digital. Nesta área, o Rock in Rio é o festival de verão mais mencionado, seguido pelo NOS Alive e pelo MEO Sudoeste.

Nas viagens, Paris, Madrid e Londres são o top3 dos destinados preferidos dos influenciadores portugueses. Já no que toca às cidades, Lisboa e Porto lideram, seguidas por Cascais. Neste setor de atividade, João Cajuda — que começou como ator e agora se dedica apenas ao projeto de viagens –, lidera no número de seguidores e ocupa os três primeiros lugares das fotografias com mais interações neste setor.

Na gastronomia, Marco Costa — ex-concorrente da Casa dos Segredos e que mantém uma relação com Vanessa Martins –, lidera o top das contas mais influentes, seguido pelo “Casal Mistério”, cujos vídeos de receitas rápidas são dos conteúdos mais visualizados em Portugal.

O estudo feito pela Primetag, uma empresa que desenvolve tecnologia para o setor de marketing de influência, analisou as contas de Instragram com um minimo de 10 mil seguidores e um máximo de 155 milhões.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Privacidade

Gratuito é mentira

João Nuno Vilaça
158

Que estamos a ceder em troca destas aplicações e serviços gratuitos? A nossa alma? Quase. Estamos a ceder os nossos dados, que são extremamente valiosos e pessoais. São o recurso mais valioso do mundo

Redes Sociais

Uma bandeira que vale mais do que a fama

P. José Maria Brito, SJ
149

O que terá o fundador da Companhia de Jesus a ver com o Team Strada? Poderá ele dizer-nos alguma coisa sobre a educação dos afetos? Leitura dum tema da atualidade partindo da espiritualidade inaciana

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)