Rádio Observador

MotoGP

A grande notícia, pelo diretor da KTM: Miguel Oliveira confirmado até 2020

860

Período de testes, três corridas e a confiança total: Pit Beirer, diretor desportivo da KTM, confirmou em entrevista que a equipa já acionou a cláusula para ficar mais um ano com Miguel Oliveira.

Miguel Oliveira ocupa o 16.º lugar no Mundial de Moto GP após as primeiras três corridas da temporada

Getty Images

Depois de um período de testes onde sobraram elogios ao trabalho de Miguel Oliveira com a equipa, e das primeiras três corridas oficiais onde conseguiu entrar nos pontos nas últimas duas, a KTM não teve dúvidas e adiantou-se perante a eventual cobiça que poderia começar a surgir em torno do português, assegurando a sua permanência na equipa em 2020.

“No contrato do Miguel temos, até ao verão, uma cláusula para prolongar o seu contrato com a KTM. Não foi preciso esperar até aí pois essa cláusula já foi exercida”, confidenciou Pit Beirer, diretor desportivo da KTM, ao site alemão Speedweek na antecâmara da chegada do Moto GP à Europa, com o Grande Prémio de Espanha em Jerez de la Frontera este domingo.

Atual 16.º classificado da categoria rainha com sete pontos, Miguel Oliveira começou o primeiro ano de Moto GP com um 17.º lugar no Grande Prémio do Qatar, seguindo-se a 11.ª posição na Argentino e o 14.º posto nos Estados Unidos. Contas feitas, o português encontra-se bem melhor do que o companheiro de equipa na Tech 3, Hafizh Syahrin (que ainda não terminou na zona dos pontos), e está à frente de Johann Zarco, um dos pilotos da principal equipa da KTM – Pol Espargaró, espanhol que está também nessa formação, ocupa o nono lugar no Mundial com 18 pontos conseguidos.

Antes de chegar ao Moto GP, o piloto de Almada tinha conseguido um segundo lugar com a KTM em Moto 3 no ano de 2015 e dois pódios na classificação final em Moto 2 – terceira posição em 2017 e segunda no ano passado, ambas com a KTM.

“É uma corrida muito agradável, acima de tudo por ser muito próxima de Portugal. É o Grande Prémio mais perto de casa e, por isso, há uma grande quantidade de fãs que vão assistir, o que o torna muito especial para mim. Estou ansioso por voltar a rodar lá. Depois dos testes de novembro há alguns aspetos da minha condução que tenho de melhorar. Por isso, vai ser um fim de semana fantástico. Mal posso esperar para reencontrar a equipa outra vez depois de duas semanas de paragem”, disse Miguel Oliveira esta segunda-feira à sua assessoria de comunicação, lançando o Grande Prémio de Espanha, no domingo.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: broseiro@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)