A página da Wikipedia foi bloqueada na China, confirmou a Fundação Wikipedia, organização de caridade e sem fins lucrativos que detém a enciclopédia online.

A notícia foi esta terça-feira avançada pela BBC e a Wikipedia junta-se a outros milhares de sites que não podem ser acedidos na China. Inicialmente, apenas a edição em mandarim da Wikipedia estava bloqueada. Contudo, o acesso é agora proibido a todas as versões da página, independentemente da língua.

A Wikipedia referiu que não foi avisada do bloqueio. “No fim de abril, a Fundação percebeu que a Wikipedia se tornou inacessível na China. Depois de analisar rigorosamente o nossos dados internos, confirmámos que a Wikipedia está atualmente bloqueada em todas as línguas (na China)”, refere a organização em comunicado.  “Agora, investigadores chineses não podem aceder a conhecimento ou partilhar os seus feitos com o mundo. Quando um país, região ou cultura é impedido de se juntar a uma conversa global na Wikipedia, o mundo fica mais pobre”, conclui a nota da Fundação Wikipedia.

Segundo a revista norte-americana PC Mag, o bloqueio pode ser apenas temporário. Já em janeiro, o Governo Chinês tinha bloqueado temporariamente o Bing, motor de busca da Microsoft.

Este não é caso único. Em 2017, a Wikipedia foi bloqueada na Turquia e tem sido intermitentemente bloqueada na Venezuela, devido aos conflitos do país.

A Wikipedia é uma enciclopédia virtual livre e gratuita, desenvolvida por voluntários de todo o mundo e acessível em várias línguas. Foi criada em 2001 por Jimmy Wales e Larry Sanger.