Vestir a camisola do nosso clube faz nos sentir mais fortes — é esta a premissa de uma nova campanha solidária que está a emocionar o futebol espanhol. Promovido pela revista de futebol Panenka, este movimento intitulado de “Las batas más fuertes” está virado para o grande número de crianças internadas que lutam contra doenças graves e que necessitam sempre de um conforto extra, de uma força adicional.

Em consiste tudo isto? É fácil: o que esta publicação se propõe a fazer é transformar camisolas de clubes de futebol, dos maiores ídolos dos mais pequenos, em batas de hospital para que se sintam “mais capazes de fazer frente a qualquer rival”, lê-se no vídeo em que apresentam a campanha.

“Todos os dias, nos hospitais, muitos meninos e meninas disputam um jogo muito difícil. Por isso mesmo convertemos camisolas de futebol em batas de hospital, para que se sintam mais fortes”, lê-se no tweet que a Panenka publicou esta terça-feira.

Segundo o jornal La Vanguardia, a Panenka pretende levar esta iniciativa a todos os hospitais e centros médicos onde estejam internadas crianças, basta enviar um e-mail — o Hospital Sant Joan de Déu, em Barcelona, foi o primeiro a juntar-se. A iniciativa pode ser vista como um mimo dado a crianças que estão a passar um mau bocado mas há quem diga que pelo simples facto de lhe ajudarem a elevar os ânimos, isso pode ser determinante para as melhoras dos doentes. Uma funcionária do hospital em questão explica que “a alegria reduz o stress e o tempo de internamento hospitalar”.