Depois de alguns rumores, o português Paulo Fonseca foi esta terça-feira oficialmente confirmado como o novo treinador da AS Roma nas próximas duas épocas e com mais um ano de opção. O anúncio foi feito na conta do Twitter do clube italiano.

“Estamos muito felizes por receber o Paulo Fonseca neste clube”, referiu o presidente da Roma, Jim Pallotta, citado em comunicado, acrescentando que o português “é um jovem e ambicioso treinador com uma experiência internacional, uma mentalidade vencedora e uma reputação de um futebol arriscado e ofensivo que vai entusiasmar os adeptos”.

O presidente do clube italiano referiu ainda que Paulo Fonseca, que vai substituir o italiano Claudio Ranieri nos comandos da Roma, demonstrou interesse na Roma desde as primeiras conversas que teve com ele.

Estou muito feliz por ser o novo treinador da AS Roma. Gostaria de agradecer à direção do clube por me dar esta oportunidade. Estou entusiasmado e motivado com este desafio e ansioso por começar a trabalhar. Acredito que todos juntos iremos conseguir criar algo de muito especial”, afirmou Paulo Fonseca, citado em comunicado.

Paulo Fonseca deixa, assim, o Shakhtar Donetsk, onde estava desde 2016 e onde conquistou três campeonatos, três Taças da Ucrânia e uma Supertaça ucraniana, em 2017.