O primeiro clássico da época no Campeonato foi decidido para a equipa com ritmo e exibição de Champions: o FC Porto goleou esta noite o Benfica no Pavilhão da Luz por 33-23 e manteve a liderança da prova só com vitórias a par do Sporting, que venceu também esta quarta-feira o Sp. Horta no Pavilhão João Rocha por 34-19.

Os encarnados ainda marcaram o primeiro golo do jogo logo na posse inicial mas foram os dragões a assumir o comando do encontro, alcançando uma vantagem de três golos logo a abrir (4-1) com uma variedade ofensiva de opções entre as saídas rápidas e a exploração da primeira linha em ataque organizado que permitiu chegar aos dez minutos já com oito golos marcados (8-4) e a contar com o melhor Alfredo Quintana, internacional que ganhou o prémio de melhor guarda-redes da semana na jornada da Liga dos Campeões.

Carlos Resende trocou de guarda-redes, com a entrada do jovem Gustavo Capdeville para o lugar de Ristovski, e o Benfica ainda teve um período de retoma aproveitando uma fase de alguns erros no ataque dos visitantes mas seria o FC Porto a acabar de novo por cima, conseguindo pela primeira vez uma vantagem de sete golos (16-9) depois de um parcial de 5-0 que faria toda a diferença para o 18-11 que se registava ao intervalo mas com um má notícia pelo meio: a lesão de António Areia, ex-ponta dos encarnados que saiu com muitas queixas físicas. André Gomes, com quatro golos, foi o melhor marcador da primeira parte, seguido de Djordic, Mbengué e Rui Silva (três).

No segundo tempo, e quando se esperava uma entrada mais forte do Benfica, os azuis e brancos não só mantiveram a vantagem que traziam da segunda parte como aumentaram para os dez golos na sequência de uma série de erros dos encarnados no ataque que deram situações de 1×0 sem guarda-redes aos visitantes. O 27-15 aos 13 minutos da segunda parte acabou em definitivo com qualquer hipótese de recuperação, aproveitando ambos os treinadores para rodarem alguns jogadores tendo em vista os próximos compromissos nacionais e europeus.

Djordic, lateral dos encarnados, foi o melhor marcador do jogo com oito golos, seguido dos dragões Vitor Iturriza (seis) e André Gomes (cinco). Com este resultado, o FC Porto manteve a liderança do Campeonato com 33 pontos, os mesmos do que o Sporting e mais quatro do que o Benfica, que averbou a segunda derrota depois do desaire com os leões. Na próxima jornada haverá clássico no Dragão, que pode isolar um dos candidatos ao título.