Um homem foi resgatado no Alasca graças a um sinal que desenhou no gelo, depois de três semanas a sobreviver numa região selvagem com pouca comida e abrigo deficiente.

Segundo avança a BBC, Tyson Steele, de 30 anos, vivia desde setembro com o cão numa cabana que comprou a um veterano da guerra do Vietname, numa zona deserta do Alasca. Em meados de dezembro, o homem acendeu uma lareira que viria a destruir a habitação na totalidade. Steele conseguiu recolher alguns enlatados e cobertores, mas não consegui resgatar o animal de estimação.

Fiquei desesperado, não tenho palavras para descrever a dor que senti”, contou o homem à polícia.

Os destroços da casa foram suficientes para que Tyson conseguisse montar uma “tenda”, que o protegeu das temperaturas negativas do Alasca durante quase um mês. As autoridades resgataram-no ao encontrarem uma mensagem de SOS deixada na neve, depois de o seu desaparecimento ter sido reportado por familiares.

Steele garante que para a sua sobrevivência contribuíram o tempo que passou na natureza e os vídeos a que assistiu no Youtube.