Dois homens foram detidos no domingo por suspeitas de terem esfaqueado três pessoas, entre os 20 e os 30 anos, até à morte no bairro de Redbridge, em Londres, avançou a Sky News. A polícia de Redbridge confirmou a detenção no Twitter, sem dar detalhes.

Segundo o mesmo canal televisivo, a polícia informou que as três mortes foram declaradas no local e os detidos, de 29 e 39 anos, conheciam as vítimas.

“Acreditamos que os envolvidos são membros da comunidade Sikh”, disse o chefe da Polícia Metropolitana, Stephen Clayman, em declarações à Sky News

“Foi uma cena horrível e meu coração dirige-se às famílias e às pessoas afetadas por isto, porque é um acontecimento sem precedentes”, acrescentou.

“Embora as investigações sobre este trágico incidente estejam num estágio inicial, é provável que seja uma investigação de homicídio triplo. Devo manter a mente aberta quanto a qualquer motivo, pois estamos no início do estabelecimento de todas as circunstâncias”, acrescentou Clayman, citado pelo Guardian.

O presidente da Câmara de Londres, Sadiq Khan, lamentou as mortes e afirmou que há um reforço da polícia no bairro de Redbridge até as 8h da segunda-feira.

“Estou em contacto com os polícias seniores da Polícia Metropolitana, os representantes locais de Redbridge e o Ministério Público após o incidente grave desta noite, e vou fazer todos os possíveis para apoiar a comunidade local de Seven Kings durante este período difícil”, escreveu numa declaração partilhada na sua conta do Twitter.

As detenções foram feitas depois de a polícia ter sido chamada ao local, por volta das 19h40 de domingo.