O Banco Central Europeu (BCE) indicou esta sexta-feira que vai analisar 35 bancos significativos da zona euro, no âmbito dos testes de stress de 2020 em toda a União Europeia coordenados pela Autoridade Bancária Europeia (EBA).

Esses bancos, supervisionados diretamente pelo BCE, representam cerca de 70% do total de ativos bancários da zona euro, segundo um comunicado do banco central.

Os resultados dos testes permitem avaliar a resiliência dos bancos, principalmente a sua capacidade de enfrentar choques e responder a requisitos de capital em condições macroeconómicas adversas.

A EBA coordenará os testes à escala da UE em cooperação com o BCE e com as autoridades nacionais, de acordo com a nota do banco central.