A escritora norte-americana Mary Higgins Clark, conhecida como a “rainha do suspense” morreu aos 92 anos, anunciou a sua editora. “Foi com profunda tristeza que dissemos adeus à rainha do suspense Mary Higgins Clark. Faleceu em paz esta noite, 31 de janeiro, com 92 anos, rodeada de familiares e amigos”, anunciou a sua editora Simon and Schuster, citada pela agência EFE.

Mary Higgins Clark nasceu em Nova Iorque em 1927 e a EFE recorda que numa visita a Madrid para apresentar uma das suas obras disse que “o interesse da literatura de suspense e mistério é universal”. A norte-americana foi autora de mais de trinta romances que obtiveram um êxito assinalável, tendo vendido mais de 150 milhões de exemplares dos seus livros em todo o mundo.

“Onde estão as crianças?” — publicado em 1975 e que vendeu mais de quatro milhões de exemplares — e “Lembra-te” — com mais de dois milhões —, são alguns dos títulos das suas obras, algumas delas também adaptadas para o cinema e a televisão. A sua obra foi reconhecida com vários prémios, entre os quais a eleição de ‘Grand Master’ dos Edgar Awards 2000 pela Mystery Writers of America, que também lançou um prémio anual com o seu nome.

Foi presidente da Mystery Writers of America, bem como do International Crime Congress.