A Turquia ultrapassou as 4.000 mortes devido a pandemia de Covid-19 e registou já 144.749 casos de contaminação, mas o país está a conseguir controlar a propagação do novo coronavírus, disse o governo.

O Ministério da Saúde da Turquia disse que morreram mais 55 pessoas nas últimas 24 horas, elevando o número de vítimas fatais com a pandemia para 4.007.

Depois de ter atingido um pico de contaminações em meados de abril (com médias de 5.000 casos diários), a Turquia conseguiu diminuir a velocidade de propagação do novo coronavírus nos últimos dias.

O número diário de mortes permanece abaixo de 100 desde 26 de abril, e o ministro da Saúde, Fahrettin Coca, disse no início deste mês que a pandemia “está controlada”, embora aconselhe as pessoas a manter medidas de precaução.

No combate à pandemia, o governo turco intensificou regras sanitárias, encerrando escolas e proibindo eventos culturais e desportivos, bem como ordenando confinamento ‘ad hoc’ durante fins de semana e feriados.

Os habitantes das 30 províncias mais populosas da Turquia, incluindo as de Istambul e Ancara, não poderão sair de casa por quatro dias, a partir de sábado.

Sujeitos a confinamento obrigatório, entre 21 de março e 4 de abril, as pessoas com mais de 65 anos e menos de 20 anos têm permissão desde 10 de maio para deixar as suas casas uma vez por semana, durante quatro horas, como parte de uma redução nas restrições impostas para combater a propagação do vírus.

Centros comerciais e salões de beleza reabriram na segunda-feira, seguindo rígidos regulamentos sanitários.