O aeroporto de Orly, em Paris, começou esta sexta-feira a funcionar com a descolagem de um voo com destino ao aeroporto Francisco Sá Carneiro, Porto, depois de um encerramento de quase três meses devido à propagação do novo coronavírus.

Um avião da companhia de baixo custo Transavia descolou às 6h25 (5h25 em Lisboa) tornando-se na primeira ligação efetuada no aeroporto situado no sul da capital francesa, desde o dia 31 de março.

Para assinalar a primeira ligação, os bombeiros do aeroporto molharam o aparelho com jatos de água.

A gestão dos custos de funcionamento das viagens aéreas obrigaram as autoridades a concentrar os voos com partida de Paris no aeroporto Charles de Gaulle, no norte da cidade.

O relançamento do tráfego aéreo vai ser lento sendo que hoje estão previstas apenas 70 ligações no aeroporto de Orly, apenas para países europeus e para os territórios ultramarinos franceses.

Antes do início da pandemia o aeroporto fazia 600 ligações para todo o mundo.

Para recuperar a confianças dos passageiros foram instalados sinais que marcam o distanciamento sanitário e foi distribuído gel desinfetante aos passageiros a quem é medida a temperatura.