Imagine que está descansado da vida, a comer um peixe grelhado na marginal da Ericeira, e de repente o chef Gordon Ramsay senta-se numa mesa ao lado. Foi isto mesmo que aconteceu esta segunda-feira, quando o carismático cozinheiro que protagoniza programas internacionais como o Master Chef EUA (adultos e crianças), o Hell’s Kitchen ou o Kitchen Nightmares escolheu o restaurante Esplanada Furnas, na Ericeira, para jantar.

“Foi uma grande surpresa para nós, mas dá-me ideia que ele já sabia ao que vinha”, conta ao Observador Nuno Lourenço, o proprietário do restaurante ericeirense onde Ramsay entrou, cheio de confiança, e pediu para lhe dizerem o que comer. “Ele nem perguntou pela lista nem nada. Sabia que vinha para comer peixe, ainda lhe perguntei o que é que ele preferia mas ele só disse ‘não, não, você é que vai escolher o meu peixe’. E assim foi”, explica Nuno. A ementa passou então por “uns couverts normais”, “umas amêijoas” e ainda “meia garoupa” grelhada — a tarte de maçã caseira finalizou a refeição. O veredicto final do jantar? “Ele fez questão de vir ter à nossa grelha dizer que estava excecional, cinco estrelas! Agradeceu e tudo”, remata Nuno.

Ontem tivemos o privilégio de receber um dos melhores chefes do mundo Gordon RamsayReservas: 261864870 / 968119176

Posted by Restaurante Esplanada Furnas on Tuesday, July 21, 2020

Ramsay é conhecido pelos seus comentários fulminantes que muitas vezes roçam o tom agressivo — “É uma figura mundial, toda a gente já viu um programa ou outro dele e sabe que ele é mais rezingão”. Uma imagem televisiva bem distinta daquela que exibiu ao vivo e a cores: “Ele veio com mais dois senhores, todos estrangeiros, e foi muito acessível, muito educado… Uma educação à mesa fora de série!”, relata. No final, o conhecido chef nem se importou de responder aos pedidos de fotografias e selfies com clientes… incluindo o do próprio pessoal do Esplanada Furnas (como se pode ver na foto que o restaurante partilhou na sua página de Facebook).

A pescaria em Peniche

O Observador soube entretanto que Gordon Ramsay está em Portugal para fazer umas filmagens a bordo de um barco de pesca de Peniche. Ao contrário do que chegou a ser noticiado, as gravações nada têm a ver com um suposto documentário para a RTP — a própria estação esclareceu, por e-mail, que “a direção da RTP1 e da RTP2 não tem nada previsto” com o cozinheiro/super-estrela.

Esta aventura em solo português — a segunda que se conhece, a primeira foi em 2014 — está a ser mantida em máximo sigilo por razões de segurança associadas à pandemia do novo coronavírus, para evitar a formação de ajuntamentos de pessoas em locais por onde o chef possa vir a passar. Neste momento, Ramsay tem um programa no National Geographic chamado “Gordon Ramsay: Uncharted” (já vai na segunda temporada), conteúdo televisivo que acompanha o escocês em várias viagens pelo mundo e mostra a sua interação com os costumes e culturas de países que vão da África do Sul à Guiana, passando pela Austrália e os EUA. O Observador questionou o National Geographic Portugal sobre se esta passagem terá algo a ver com esse conteúdo mas, até agora, ainda não obteve nenhuma resposta — nem positiva nem negativa.