Não tem por hábito falar sobre a família nas redes sociais, começa por desabafar Kwame Kwei-Armah no Twitter, mas a regra conheceu esta segunda-feira a sua exceção, à conta de um episódio de má memória em pleno transporte público da capital britânica, recordado pelo diretor do teatro Young Vic, o irmão mais novo, e dirigido ao novo talento do célebre Old Vic.

“A semana passada o meu filho de 15 anos seguia num comboio quando, do nada, uma mulher branca adulta retirou a sua máscara e tossiu-lhe na cara. Ela saiu a correr do comboio a gritar “isto é o que vocês fazem”. O teste da Covid deu negativo. Estamos aliviados. Mas estaremos mesmo?”, escreveu no Twitter Kwei-Armah, à frente do Young Vic desde 2018, e que inclui no curriculum passagem pelo New York’s Public Theatre, Signature Theatre, Oregon Shakespeare Festival, Baltimore Symphony Orchestra e Birmingham Repertory Theatre.

Em resposta a alguns dos comentários de seguidores, o diretor adiantou ainda que participou o incidente nesse mesmo dia e que as autoridades competentes se encontram a investigar o mesmo.