As três faixas etárias mais novas, dos zero aos 29 anos, representam metade de todos os casos de infeção com SARS-CoV-2 (1.503), divulgados esta quinta-feira. No outro extremo estão os adultos mais velhos, a partir dos 60 anos, que representam 12% de todos os casos (356).

No total, foram registados 3.009 novos casos, novamente acima de 3.000, mas menos 443 casos do que na quarta-feira, segundo o Boletim Epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. A média a sete dias continua a descer e passou de 2.973 para 2.886 casos diários.

DGS. Média de casos a sete dias desce dos 3.000 pela primeira vez em duas semanas

O número de internamentos, por sua vez, continua a subir. Esta quinta-feira, eram 954, mais 20 em 24 horas. Destes, 208 pessoas estão nas unidades de cuidados intensivos, mais oito que no dia anterior. Registaram-se ainda 10 óbitos — mas a média a sete dias desceu ligeiramente, de 12,6 para 11,7.

Dos 10 óbitos registados, três foram na região do Algarve, três na região de Lisboa e Vale do Tejo e três no Norte. O outro óbito registou-se nos Açores.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Mais de metade dos mortos foram homens (seis) e em vários grupos etários: um na casa dos 50 anos, três na casa dos 60, outro na casa dos 70 e mais um com mais de 80 anos. No caso das mulheres, os quatro óbitos foram registados acima dos 80 anos.

A região de Lisboa e Vale do Tejo registou 1.156 novos casos (38%) e o Norte teve 1.032 (34%) — juntos têm mais de 70% dos casos do país.

A região Centro registou 320 casos, o Algarve 241 e o Alentejo 168. As três regiões juntas representam quase um quarto dos casos no país (24%). Os Açores registaram 66 casos e a Madeira 26.

A faixa etária dos 20-29 anos é a que apresenta o maior número de casos (721), quase um quarto de todos os novos infetados (24%). Pelo segundo dia consecutivo, a faixa etária dos 10 aos 19 anos tem mais casos (515) do que a faixa etária dos 30 aos 39 anos (472). E os mais novos, até aos nove anos, têm quase tantos casos (267) como os adultos na faixa dos 30 anos (472).

O número de casos ativos voltou a subir, ainda que ligeiramente: mais 131 casos, num total de 51.561. Esta quinta-feira, há registo de mais 2.868 pessoas recuperadas e existem menos 1.328 contactos em vigilância.

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 963.446 casos de infeção com SARS-CoV-2 e 17.330 mortes com Covid-19.