Mais de 145 doses individuais, o correspondente a 72,97 gramas de droga, estavam divididas por vários pães. Foi este o cenário que a PSP encontrou, no passado dia 11 de setembro, quando chegou à zona de revistas para acesso às visitas dos reclusos do Estabelecimento Prisional de Caxias, após ser chamada pelo corpo da Guarda Prisional. Feita à testagem, os produtos estupefacientes “reagiram de forma positiva a haxixe”, lê-se no comunicado da PSP.

Foram efetuadas as diligências necessárias pelos polícias, verificando-se que relativamente aos produtos suspeitos de serem produtos estupefacientes, os mesmos após testagem e pesagem, reagiram de forma positiva a haxixe, com um peso de 72,97 gr, o equivalente a 145,940 doses individuais, motivo pelo qual, foi dada voz de Detenção à suspeita.

A polícia acabou por deter a jovem de 18 anos, que era quem levava consigo os tais pães. O seu objetivo, segundo a investigação, seria entrar na prisão sem que ninguém detetasse a droga e assim poder entregá-la ao recluso que ia visitar na prisão de Caxias.

“Apurou-se então que a cidadã em causa, pretendia aceder ao interior do estabelecimento prisional na posse de produtos alimentares para entregar ao recluso que iria visitar, sendo que, no interior dos referidos produtos alimentares, estavam dissimulados diversos pedaços de produtos que se suspeitavam ser estupefacientes” detalha a PSP.

A fotografia divulgada pela PSP que mostra aos pães e as doses de haxixe apreendidas

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A detenção foi levada a cabo pelo Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial de Oeiras, pelas 12h35. A jovem de 18 anos, suspeita da prática do crime de tráfico de produtos estupefacientes, foi presente à autoridade judiciária competente, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação menos gravosa: termo de identidade e residência.