816kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Ação violenta durante passagem da tocha olímpica impedida em Bordéus

Um homem, de 26 anos, planeava um ataque durante a passagem da tocha olímpica por Bordéus e foi detido na terça-feira por agentes policiais. O ministro francês agradeceu às forças de segurança.

epa11328363 Former football player Basile Boli holds the Olympic Flame at Notre Dame De La Garde cathedral in Marseille, France, 09 May 2024, for the first leg of Olympic Torch relay. The Olympic Flame arrived in Marseille on 08 May following a 12-day journey from Piraeus, Greece, on board the Belem, a three-masted sailing ship built in 1896 and currently serving as a training ship under the French flag. The Paris 2024 Olympic Games will start on 26 July 2024.  EPA/GUILLAUME HORCAJUELO
i

A tocha olímpica entrou em território francês em 8 de maio, em Marselha, e está a percorrer o país até 26 de julho

GUILLAUME HORCAJUELO/EPA

A tocha olímpica entrou em território francês em 8 de maio, em Marselha, e está a percorrer o país até 26 de julho

GUILLAUME HORCAJUELO/EPA

O ministro do Interior francês, Gérald Darmanin, revelou esta quinta-feira que foi impedido um ataque violento durante a passagem em Bordéus da tocha olímpica dos Jogos Olímpicos Paris2024.

“Um indivíduo que planeava uma ação violenta durante a passagem da tocha olímpica em Bordéus foi detido. Obrigado aos agentes policiais e a todos os agentes do Ministério do Interior, que asseguram esta festa popular com um notável profissionalismo e empenho”, escreveu o governante, na rede social X.

De acordo com a imprensa francesa, um homem, de 26 anos, planeava um ataque durante a passagem da tocha olímpica por Bordéus e foi detido na terça-feira.

Alegadamente, o suspeito queria efetuar o ataque esta quinta-feira, numa homenagem a um norte-americano que, em 23 de maio de 2014, matou seis pessoas e feriu outras 14 num ataque nos Estados Unidos.

A tocha olímpica entrou em território francês em 8 de maio, em Marselha, e está a percorrer o país até 26 de julho, quando se iniciam os Jogos Olímpicos Paris2024, que decorrem até 11 de agosto.

Chama Olímpica iniciou em Marselha estafeta em direção a Paris

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

 
Assine o Observador a partir de 0,18€/ dia

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Apoio ao cliente | Já é assinante? Faça logout e inicie sessão na conta com a qual tem uma assinatura

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Vivemos tempos interessantes e importantes

Se 1% dos nossos leitores assinasse o Observador, conseguiríamos aumentar ainda mais o nosso investimento no escrutínio dos poderes públicos e na capacidade de explicarmos todas as crises – as nacionais e as internacionais. Hoje como nunca é essencial apoiar o jornalismo independente para estar bem informado. Torne-se assinante a partir de 0,18€/ dia.

Ver planos