Índice

    Índice

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Pode ser feita, mas a frase também é verdadeira: ler é mesmo fundamental. Problema: também pode ser difícil, complexo, pouco apelativo e, pior do que isso, muito, muito, muito aborrecido. Os adjetivos não são nossos — muito menos de uma turma de miúdos de 6º ano, em protesto por terem de ler “As Naus de Verde Pinho”, o poema que Manuel Alegre compôs para contar a viagem de Bartolomeu Dias à filha Joana e que agora faz parte do Plano Nacional de Leitura para o segundo ano do segundo ciclo de escolaridade. Quem os empregou foi Vítor Cruz, professor na Faculdade de Motricidade Humana, doutorado em Educação Especial e autor de livros sobre o assunto como “Uma Abordagem Cognitiva da Leitura” e “Educação Cognitiva e Aprendizagem”. Serão apenas alguns dos variadíssimos motivos por que muitas crianças e jovens não gostam de ler, garante.

Para além de ser difícil aprender a ler, o próprio ato de leitura é física e intelectualmente exigente: “A visão e a capacidade para estar atento, bem como outras funções executivas superiores, têm uma influência determinante na aprendizagem e compreensão na leitura”, explica o especialista. Como se não bastasse, acrescenta, também é uma atividade que, à partida, requer sossego e silêncio, o que, só por si, contraria a natureza da maioria dos miúdos. A cereja no topo do bolo? Grande parte das vezes, os livros escolhidos estão uns quantos níveis à frente dos leitores, que ou não têm ferramentas para compreender os textos ou simplesmente não se interessam pelos temas narrados.

A boa notícia? O que não faltam são miúdos que adoram ler — e os seus filhos podem ser como eles. Falámos com três especialistas que nos revelaram todos os passos que tem de dar para fazer com que as crianças se agarrem aos livros.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.