Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Não sou socialista porque já fui socialista. E não sou socialista porque sei o que isso significa e a ilusão que representa.

Pode parecer estranho vir afirmá-lo aqui e agora é porque se tenta que esta simples condição – a de “não socialista” – seja uma espécie de lepra em torno da qual se deve construir um severo cordão sanitário. E, no entanto, nunca foi tão necessário romper esta espécie de unanimidade não assumida que é uma das razões da nossa desesperança.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.