Logo Observador
Óbito

Morreu Jaime Fernandes, criador da Antena 3 e do nome “Oceano Pacífico”

7.193

Morreu aos 69 anos o locutor de rádio Jaime Fernandes, que fundou a Antena 3 e foi responsável por vários programas no serviço público de rádio. Atualmente era provedor do telespetador da RTP.

Atualmente Jaime Fernandes era provedor do telespetador da RTP

RTP

Morreu esta quinta-feira, aos 69 anos, o antigo locutor de rádio Jaime Fernandes. O histórico da rádio portuguesa ocupava atualmente o lugar de provedor do telespetador da RTP. A informação é avançada pela própria RTP.

Jaime Fernandes nasceu em 1947, e foi durante vários anos jornalista e locutor na Emissora Nacional. No serviço público de rádio, onde passou grande parte da sua carreira, foi responsável por diversos programas e criador da estação Antena 3, em 1994. Antes, em 1989, entrou para a administração da RDP, onde se manteve durante cinco anos.

Antes de substituir José Carlos Abrantes como provedor do telespetador, em 2013, Jaime Fernandes era diretor dos canais internacionais de televisão da estação pública. A eleição do jornalista como provedor não foi, contudo, consensual entre o Conselho de Opinião da estação pública. O Público escrevia, na altura da nomeação, que os conselheiros preferiam alguém com mais “distância e independência em relação à empresa” — Jaime Fernandes estava há 52 anos na RTP.

Foi aos 18 anos, na Guerra de África, que, no Rádio Clube de Moçambique, descobriu o gosto pela rádio. Ao regressar a Portugal, entrou no Rádio Clube Português e foi um dos jornalistas a acompanhar em direto o 25 de abril. Trabalhou durante 27 horas seguidas nesse dia. Com a nacionalização do Rádio Clube Português, Jaime Fernandes fica em definitivo no serviço público de rádio, a que ficaria ligado durante toda a vida.

A ligação à RTP não o impediu de passar também pela Renascença, e de ter feito parte do lançamento da RFM. Foi, de resto, Jaime Fernandes a criar o nome “Oceano Pacífico”, para o programa da noite da estação, como explica aquela rádio.

“Fui um homem de sorte na profissão e tive momentos extraordinários”, contou à RTP em 2009, por altura dos prémios Antena 3, que o distinguiram como o “pai” daquela estação.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: jfgomes@observador.pt
União Europeia

Brexit, o teste ao futuro europeu

Helena Garrido

Se a saída do Reino Unido da União Europeia for um sucesso, outros cairão na tentação e o projecto não resistirá. Se for um fracasso, de tensão política e crise económica, a UE ainda se desunirá mais.