O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) vai realizar na segunda-feira uma reunião especial para analisar a violência no leste da Ucrânia, disseram fontes diplomáticas à agência France Presse (AFP).

A reunião, convocada pela Lituânia a pedido de Kiev, começará às 15:00 de Nova Iorque (20:00 em Lisboa). As fontes diplomáticas citadas pela AFP admitiram não esperar qualquer decisão desta reunião, na qual a Ucrânia estará representada.

Os 15 membros do Conselho não chegaram este domingo a acordo em relação a uma declaração para denunciar os ataques com “rockets” contra a cidade de Marioupol, no sudeste da Ucrânia, que mataram 30 civis.

Segundo os diplomatas ocidentais, a Rússia bloqueou um texto proposto por Londres. Moscovo recusou que o texto fizesse uma referência ao anúncio por um dirigente dos separatistas pró-russos de uma ofensiva contra Marioupol.

A missão russa na ONU, por seu lado, atribuiu a responsabilidade deste bloqueio ao Reino Unido.

A reunião de segunda-feira será a 28ª sessão consagrada à crise na Ucrânia, iniciada há cerca de um ano.