O caso da menina de 12 anos internada no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, por ter sido repetidamente violada pelo padrasto até engravidar não será caso único. Segundo o Diário de Notícias, a Polícia Judiciária tem nas mãos a investigação de um caso relacionado com uma menina de 13 anos que, dentro de um mês, vai dar à luz um filho do próprio pai.

Este caso, no entanto, terá chegado ao conhecimento daquela polícia quando a menina já tinha uma gestação de sete meses, pelo que a gravidez não foi interrompida – ao contrário do que a equipa do Hospital de Santa Maria decidiu na noite de quarta-feira relativamente à menina de doze anos ali internada e grávida de cinco meses.

Ainda de acordo com o DN, o pai da criança de 13 anos fugiu para Inglaterra antes de o crime ter sido participado à PJ e já terá passado por três países europeus. Será emitido um mandado internacional em seu nome.

A vítima está a receber apoio psicológico e poderá decidir, perante o Tribunal de Família e Menores, se quer ficar com a crianças. Mas, normalmente, estes bebés são entregues para adoção.