O queniano Abel Kipsang venceu hoje a terceira edição da Maratona de Lisboa, com um tempo de 2:09.26 horas, numa prova em que a surpresa foi o português Jorge Varela, que alcançou o quinto lugar.

Kipsang, atleta de 22 anos, registou na prova lisboeta um novo recorde pessoal, superando a anterior marca, fixada nas 2:09.55 horas.

O pódio masculino da terceira Maratona de Lisboa ficou completo com mais dois quenianos: Samuel Theuri foi segundo classificado (2:09.56), enquanto Daniel Kiprop Limo (2:12.14) acabou em terceiro.

Jorge Varela, do clube Areias de São João, foi o melhor português, obtendo o quinto posto, com 2:22.01, naquela que foi a sua segunda maratona, depois de se ter estreado na especialidade em março, em Barcelona, fazendo um tempo de 2:24.57 horas.

No setor feminino, a queniana Purity Rionoripo foi a vencedora, na sua estreia na distância, depois ano passado ter vencido também em Lisboa, mas na meia maratona. Na corrida de hoje, foi cronometrada com 2:25.09.

Subiram também ao pódio a também queniana Margaret Agai (2:29.12) e a etíope Beshadu Bekele (2:42.16).