O primeiro voo entre Pequim e Havana, e primeira ligação aérea entre a China e a região do Caribe, aterrou esta segunda-feira em Cuba, anunciou a agência noticiosa oficial chinesa Xinhua. A nova rota, feita por um modelo Boeing 777, liga Pequim a Havana, três vezes por semana, e faz escala em Montreal, no Canadá.

O turismo é a segunda maior fonte de receitas da economia cubana e só no primeiro semestre de 2015 faturou 1.700 milhões de dólares (1.543 milhões de euros), segundo dados oficiais.

Em 2014, 109 milhões de chineses viajaram para fora da China Continental, transformando o país no maior emissor mundial de turistas, à frente dos Estados Unidos da América. No mesmo período, 113.200 chineses visitaram Portugal – o dobro de há dois anos – e gastaram 54 milhões de euros, quase 20 milhões a mais do que em 2013.