Cuba

Primeiro voo entre Pequim e Havana aterra em Cuba

A nova rota, feita por um modelo Boeing 777, liga Pequim a Havana três vezes por semana, fazendo escala em Montreal, no Canadá. E o primeiro voo aterra esta segunda-feira em Havana

Rolando Pujol/EPA

O primeiro voo entre Pequim e Havana, e primeira ligação aérea entre a China e a região do Caribe, aterrou esta segunda-feira em Cuba, anunciou a agência noticiosa oficial chinesa Xinhua. A nova rota, feita por um modelo Boeing 777, liga Pequim a Havana, três vezes por semana, e faz escala em Montreal, no Canadá.

O turismo é a segunda maior fonte de receitas da economia cubana e só no primeiro semestre de 2015 faturou 1.700 milhões de dólares (1.543 milhões de euros), segundo dados oficiais.

Em 2014, 109 milhões de chineses viajaram para fora da China Continental, transformando o país no maior emissor mundial de turistas, à frente dos Estados Unidos da América. No mesmo período, 113.200 chineses visitaram Portugal – o dobro de há dois anos – e gastaram 54 milhões de euros, quase 20 milhões a mais do que em 2013.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)