291kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

Twitter estará a planear novo limite de 10.000 carateres

Este artigo tem mais de 5 anos

O Twitter terá em mãos um plano para aumentar de 140 para 10.000 caracteres o tamanho máximo dos tweets. Jack Dorsey não confirma, mas fez um tweet... muito grande.

i

Bethany Clarke/Getty Images

Bethany Clarke/Getty Images

O Twitter deverá deixar de ser a rede social dos 140 carateres no final do mês de março. A empresa estará a planear aumentar o limite para 10.000 carateres nos tweets, de acordo com informações avançadas pela Re/Code, citando “várias fontes familiarizadas com os planos da empresa”. A informação não é oficial e a empresa recusa comentar.

No entanto, Jack Dorsey publicou esta terça-feira uma mensagem em que defende as vantagens dos tweets mais longos:

Através desta imagem, o administrador executivo do Twitter explicou que a utilização das capturas de ecrã com muito texto é uma tendência crescente e que, por isso, o Twitter não vai ter problemas em ir ao encontro daquilo que as pessoas querem.

Segundo o Mashable, a ideia é mostrar, de forma predefinida, os primeiros 140 carateres de uma mensagem, sendo que o restante conteúdo — isto é, os restantes 9.860 carateres — só serão visíveis quando um utilizador expandir o tweet. A alteração, a verificar-se, poderá representar uma mudança no funcionamento desta rede social. É a limitação de 140 carateres que a caracteriza, desde o seu lançamento em julho de 2006.

No entanto, a remoção destas limitações não é nova — esta, em particular, já aqui a tínhamos abordado em outubro do ano passado. Os 140 carateres eram uma limitação também imposta no serviço de troca de mensagens privadas integrado na rede social. Mas, em meados de agosto, a empresa decidiu aumentar essa limitação também para 10.000 carateres.

Os planos agora revelados farão parte dos esforços do Twitter no sentido de dar novo fôlego ao seu crescimento. Enquanto outras redes sociais — como o Facebook — têm aumentado significativamente o número de utilizadores, o Twitter viu o número de utilizadores ativos estagnar em cerca de 300 milhões. Para comparação, o Facebook encerrou o terceiro trimestre de 2015 com cerca de 1.5 mil milhões de utilizadores, de acordo com o site Statista. Em outubro do ano passado uma outra notícia dava conta do despedimento de 8% dos funcionários da empresa e, mais tarde, os resultados do terceiro trimestre terão preocupado os investidores.

É difícil prever o impacto da medida nas estatísticas da rede social. Contudo, a medida já gerou polémica entre os utilizadores ativos da rede:

Editado por Diogo Queiroz de Andrade.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.