Dark Mode 114kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Morreu o fadista Vicente da Câmara

Com 65 anos de carreira, Vicente da Câmara era considerado um dos maiores expoentes do fado. Tinha 88 anos e morreu em Lisboa. Fica na memória a "Moda das Tranças Pretas".

i

Lusa

Lusa

Morreu o fadista Vicente da Câmara. Tinha 88 anos e 65 dedicados ao fado.

O velório do fadista realiza-se este sábado a partir das 16h, na Igreja da Graça, onde será celebrada missa, disse à agência Lusa o filho do fadista, José da Câmara. O funeral sai no domingo às 15h30 da Igreja da Graça em direção ao cemitério dos Prazeres, em Lisboa.

Entre outros prémios, Vicente da Câmara foi distinguido com o prémio “Amália Carreira”. O cantor e guitarrista começou a interessar-se por fado ainda em criança, quando ouvia os discos do tio-avô João do Carmo de Noronha. Apesar disso, foi só em 1948 — com 20 anos — que a carreira de Vicente da Câmara começou verdadeiramente, quando ganhou um concurso da Emissora Nacional.

Um dos seus maiores sucessos foi a “Moda das Tranças Pretas”, fado que escreveu no início dos anos 1960, já depois de ter gravado discos e outras canções icónicas como “Fado das Caldas”, “Varina” e “Os Teus Olhos”.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.