Proposta que, uma vez no mercado, representará o topo da gama SUV da marca da hélice, o ainda protótipo do futuro BMW X7 apresentou-se, pela primeira vez e tal como previsto, no Salão Automóvel de Frankfurt, na forma de uma versão de iPerformance. Confirmando, através de linhas arrebatadoras e muitos pormenores de estilo, além dos prometidos sete lugares, que maior é (também) melhor.

Este protótipo, que já havia sido desvendado há alguns dias, mistura o luxo com uma estética verdadeiramente avant-garde, da qual fazem parte, entre outros pormenores, a já tradicional grelha frontal da marca, embora aqui totalmente redesenhada e bastante mais projectada, e ópticas em LED fortemente rasgadas.

Destaque ainda para as muitas aplicações em metal, a complementar linhas marcantes e ‘afiadas’, com o modelo a terminar numa traseira da qual sobressaem farolins igualmente afilados e em LED, saídas de ar nas laterais a fazerem lembrar as da frente, a par de um generoso óculo traseiro.

[jwplatform kw9iyxgb]

Já no interior, além dos sete lugares que deverão ser de série neste SUV de dimensões generosas, a presença de uma forte componente tecnológica, através de soluções como o painel de instrumentos totalmente digital e um não menos grande ecrã digital que faz parte do sistema de infoentretenimento – solução que a marca alemã disponibiliza também para os ocupantes da segunda fila, que podem assim assistir a um filme ou ouvir música.

Já no que concerne à propulsão, é garantida por um sistema híbrido plug-in, tendo na base um motor de combustão com turbocompressor, embora sem que sejam revelados quaisquer dados específicos sobre o sistema. Com a BMW a avançar apenas que a aplicação da designação iPerformance se deve ao facto de este ser um sistema de propulsão avançado, semelhante aos aplicados nos futuros i3 e i8.