O ex-líder parlamentar do, PSD Luís Montenegro, lamentou que o atual Governo não tenha reconhecido o papel do anterior na subida do ‘rating’, considerando António Costa “mais responsável pela chegada do ‘lixo’ do que pela sua limpeza.

Num almoço de apoio ao candidato autárquico apoiado por PSD, CDS-PP e PPM em Braga, Ricardo Rio, Luís Montenegro disse não ter dificuldade em reconhecer que o atual Governo socialista “tem um contributo” na subida do ‘rating’ da dívida portuguesa pela agência de notação Standard & Poor’s na sexta-feira, mas lamentou que o contrário não tenha acontecido.

“Eu só encontro nesse posicionamento sinal de fraqueza: ao querer vangloriar-se tanto dessa saída, o doutor António Costa o que quer é esquecer-se que foi muito mais responsável pela chegada do ‘lixo’ a Portugal do que pela limpeza do ‘lixo'”, acusou, classificando o atual primeiro-ministro como “apoiante número um” do Governo liderado por José Sócrates.