O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta sexta-feira que os novos desafios observados com os incêndios deste ano implicam “uma capacidade de adaptação” no seu combate.

Durante a visita à corporação dos bombeiros de Seia, onde Marcelo cumprimentou um a um os operacionais, o Presidente da República sublinhou os desafios que os fogos hoje colocam.

“Uma coisa que descobrimos este ano foi que a dimensão, a complexidade dos fogos, a propagação, o ritmo de propagação” colocam “desafios” num “país que também mudou muito”, observou Marcelo Rebelo de Sousa.

Questionado pelos jornalistas sobre a necessidade de os bombeiros e o combate aos fogos necessitar de uma adaptação a estes novos fenómenos, o Presidente da República realçou que “são desafios novos e implicam, naturalmente, uma capacidade de adaptação“.

O chefe de Estado falava à comunicação social, durante uma visita que fez ao longo de quase toda a tarde ao concelho de Seia, no distrito da Guarda.