Futebol

Mundial 2018. Inglaterra e Alemanha empatam em Wembley, França bate País de Gales

Inglaterra e Alemanha empataram sem golos no Estádio de Wembley, em Londres, num jogo particular de preparação para o Mundial 2018 de futebol, enquanto a França bateu o País de Gales por 2-0.

NEIL HALL/EPA

Inglaterra e Alemanha empataram esta sexta-feira sem golos no Estádio de Wembley, em Londres, num jogo particular de preparação para o Mundial 2018 de futebol, enquanto a França bateu o País de Gales. Num encontro em que o selecionador inglês Gareth Southgate estreou vários jogadores, como Jordan Pickford, Joe Gomez ou Ruben Loftus-Cheek, a Alemanha esteve mais em jogo, mas as oportunidades de golo escassearam.

Vardy testou os reflexos de Ter Stegen no início da segunda parte, num dos melhores lances da partida, mas o nulo ‘teimou’ em manter-se até final, num embate entre duas equipas com aspirações a vencer o Mundial2018, na Rússia.

Em Paris, num jogo apitado pelo português Jorge Sousa, a França não teve dificuldades em vencer o País de Gales, desfalcado de Gareth Bale, no Stade de France, em Saint-Denis. Os galeses, que não conseguiram apurar-se para o campeonato do mundo do próximo ano, foram dominados durante todo o encontro pelos vice-campeões europeus, que se adiantaram no marcador por Griezmann, que ‘faturou’ a passe de Tolisso.

No segundo tempo, o avançado do Arsenal Giroud deu a melhor resposta à assistência da jovem estrela Mbappé para fixar o 2-0 final, apontando o 29.º golo internacional da carreira no jogo de estreia de Benjamin Pavard, jovem defesa do Estugarda.

No duelo entre Polónia e Uruguai, duas equipas qualificadas para o torneio da Rússia, não houve golos, enquanto Bélgica e México, com os portistas Layún, Herrera e Reyes de início e o benfiquista Jiménez na segunda parte, empataram a três bolas.

Hazard adiantou os belgas, com Guardado a empatar de grande penalidade ainda na primeira parte. O segundo tempo trouxe uma ‘chuva’ de golos, primeiro por Lukaku, aos 55 minutos, e depois por Hirving Lozano, que ‘bisou’ aos 56 e 60 para virar o resultado, antes do belga do Manchester United voltar a ‘faturar’ aos 70.

Antes, a Ucrânia bateu a Eslováquia por 2-1, apesar de ter começado a perder, devido a um golo de Stetina aos 10 minutos, invertido graças a tentos de Yarmolenko e Konoplyanka, aos 39 e 54 minutos, respetivamente.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Mundial 2018

A melhor defesa é a Itália /premium

Bruno Vieira Amaral

Que mundo é este em que toda a gente se indigna com a situação dos refugiados e ninguém se condói do povo italiano, obrigado a ter de escolher uma selecção estrangeira para apoiar.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)