Pela primeira vez desde 2002 a modelo brasileira Gisele Bundchen, de 37 anos, não é a mais bem paga do mundo. Este ano, o primeiro lugar do pódio vai para Kendall Jenner, de 22 anos, segundo a famosa lista anual divulgada pela Forbes.

De acordo com o Telegraph, a “Era Instagirl” veio dar lugar a outras modelos, neste caso, à meia-irmã de Kim Kardashian, que se tem também revelado a modelo de eleição de muitas marcas e eventos de moda.

Em 2015, Kendall Jenner ocupava o 16.º lugar do ranking, mas duplicou, num ano, as receitas como modelo. Jenner arrecadou 18,7 milhões de euros num ano, o que lhe valeu o lugar de mais bem paga do mundo. A modelo participou em campanhas de grandes marcas como Estée Lauder, La Perla ou Adidas e obteve também uma grande exposição com o reality show “Keeping Up With Kardashians”. Tem mais de 85 milhões de seguidores na rede social Instagram.

Bundchen, que se afastou oficialmente das passerelles no ano passado, apresentou anúncios para marcas como Carolina Herrera, Arezzo e Vivara, que, mesmo assim não chegaram para a manter no lugar que ocupava há já 15 anos.

Na lista das dez modelos mais bem pagas aparecem nomes como Adriana Lima, em quarto lugar e Gigi Hadid em quinto. No ano das surpresas, a irmã de Gigi Hadid, Bella, entrou também pela primeira vez na lista da Forbes. Mas esta não é a única novidade, uma vez que Ashley Graham é a primeira modelo de tamanho XL a integrar a lista das 10 modelos mais bem pagas.

A portuguesa Sara Sampaio não integra a lista das dez mais bem pagas do mundo. Contudo, em 2016, e segundo a publicação da Delas, a Forbes divulgou um ranking com as 13 modelos mais bem pagas da Victoria’s Secret e no qual constava o nome da manequim portuguesa. Na altura Sara Sampaio ganhava cerca de 1,02 milhões de euros por ano.

As fotografias das 10 manequins mais bem pagas podem ser vistas na fotogaleria acima.