A Disney comprou parte da 21st Century Fox a Rupert Murdoch, por 44,5 mil milhões de euros. O acordo inclui o estúdio de Hollywood da 21st Century Fox, os canais Sky, Star, FX, National Geographic e a plataforma online Hulu. A Fox News e a Fox Sport ficam fora da proposta negocial, continuando sob o controlo da família Murdoch.

Não se sabe ao certo o que vai acontecer ao processo de compra de 61% do canal Sky pela 21st Century Fox, uma parte que Murdoch ainda não controla.

De acordo com a Financial Times, citado pelo jornal The Guardian, o filho de Rupert Murdoch, James Murdoch, pretende deixar a empresa da família: ou se junta à Disney, podendo até tornar-se no seu CEO, ou cria a sua própria empresa.

É uma separação de caminhos entre James e o seu pai”, afirmou Claire Enders, fundadora da Enders Analysis, acrescentando que se trata de “uma mudança extraordinária”.

Rupert Murdoch, de 86 anos, quer tornar-se um dos principais acionistas de uma Disney ampliada, que, dependendo do resultado final, se poderá tornar na companhia de entretenimento mais poderosa do mundo.

Rupert Murdoch e o filho mais velho, Lachlan, continuariam a dirigir a News Corp, a empresa que detém os jornais Sun, Times e Wall Street Journal e a editora Harper Collins. Os analistas especulam agora sobre se a longo prazo o que sobrar da 21st Century Fox se vai juntar à News Corp.