Diplomacia

Grécia “pode contar com Portugal neste momento importante”, diz Marcelo

Durante um encontro com Alexis Tsipras, Marcelo disse que a Grécia pode contar com o apoio de Portugal e saudou o país "pela forma corajosa e resistente como tem enfrentado" vários desafios.

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta terça-feira perante o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, que a Grécia “pode contar com Portugal neste momento importante de preparação do futuro”.

Durante um encontro com Alexis Tsipras, na residência oficial do primeiro-ministro grego, em Atenas, em declarações captadas pelas televisões, Marcelo Rebelo de Sousa saudou a Grécia “pela forma corajosa e resistente como tem enfrentado desafios, vários dos quais Portugal também já defrontou”.

“Estamos, no fundo, a três meses de um momento histórico importante para a Grécia, e a Grécia sabe que pode contar com Portugal neste momento que é um momento importante de preparação do futuro”, acrescentou.

O chefe de Estado português já se tinha referido à conclusão do atual programa de assistência financeira à Grécia, hoje de manhã, quando foi recebido pelo Presidente da República Helénica, Prokopios Pavlopoulos.

“Animam-me imenso as perspetivas que se abrem para a economia e para a sociedade gregas”, declarou, na altura.

No encontro com Alexis Tsipras, Marcelo Rebelo de Sousa referiu que esta sua visita de Estado acontece depois de deslocações oficiais do primeiro-ministro português, António Costa, à Grécia e do primeiro-ministro e do Presidente da Grécia a Portugal.

“[Estas visitas] significam que estamos juntos a combater por uma Europa mais justa, mais defensora da dignidade das pessoas e mais virada para o futuro”, considerou.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, os Estados de Portugal e da Grécia e os seus povos têm “muito forte e muito natural” e entre os respetivos presidentes da República e governos existe “uma relação muito boa”.

“Somos democracias, Estados sociais, europeus – europeus do sul, mas tendo uma visão ampla da Europa que nos permite um diálogo e haver convergência com outros Estados europeus na defesa dos mesmos princípios”, descreveu.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)